quinta-feira, 16 de abril de 2009

O QUE VAI ACONTECER AOS FÃS???


É assim que começa um artigo saído este fim de semana na NS, com o título "O ALQUIMISTA DO VALE TUDO".

É verdade! Este artigo é um excerto da biografia de Paulo Coelho - um dos maiores best-sellers mundiais - escrita pelo seu grande amigo Fernando Morais.

Como é impossível transcrever todo o artigo vou apenas colocar aqui alguns parágrafos que me parecem elucidativos:

- Prepare-se para engolir em seco todas as esperanças que tinha posto na humanidade e, logo em seguida, para uma grande desilusão perante o ser humano que lhe é relatado (no livro intitulado O MAGO que a editora Planeta publica esta semana).

- Poderá contrapor-se que esta biografia está repleta de falsidades, mas essa não é a verdade. Foi autorizada pelo próprio Paulo Coelho, permitindo ao autor que coscuvilhace um baú secreto que Paulo Coelho possuia.

- Diz Paulo Coelho: "Verdade é uma palavra complicada - afinal de contas em nome dela foram cometidos muitos crimes religiosos .... mas uma coisa é certa: quando a verdade é libertada não há o que temer. E, no fundo foi por esta razão que aceitei ter a minha biografia escrita para que eu pudesse descobrir outra face de mim mesmo. E isso me fará sentir mais livre".

- Diz o autor: "Vale a pena avisar o admirador de Paulo Coelho: prepare-se para o confronto com uma vida de mentiras, embustes, drogas, negócios escuros, mau profissionalismo, inveja, burlas e ambição".

- Poderá o leitor desconfiar deste trabalho biográfico, mas vale a pena saber que Fernando Morais e Paulo Coelho são amigos e não deixaram de o ser após a publicação de O MAGO

Mas no fim do artigo diz-se:

ATÉ QUE CHEGA ao primeiro degrau da inspiração para se tornar no Paulo Coelho que se conhece: "O que se passou nos minutos seguintes é algo que permaneceria para sempre coberto de mistério. Estávamos no meio de um campo de concentração, eu e a minha mulher, sozinhos, sozinhos, sem mais vivalma por perto! Nesse momento eu entendi o sinal: senti os sinos da capela estavam dobrando por mim. Aí eu tive a epifania"..

Segundo ele, a revelação de Dachau materializou-se na forma de um facho de luz sob o qual um ser de aparência humana pareceu ter-lhe dito algo sobre a possibilidade de um reencontro dali a dois meses. Não seria uma voz humana, mas como diria Paulo Coelho, "Uma comunicação de almas".


E agora eu ...
Que hei-se pensar?
Que fomos enganados?
Que estamos agora a sê-lo?
Que tudo não passa de diferentes interpretações?

Não formulo juízos de valo enqunto não ler esta biografia. Não que Paulo Coelho me fosse particularmente importante, ou que delirasse com os seus livros. Li alguns, mas fiquei-me por isso. Contudo tenho consciência que ele foi um ícone para muita gente, que seguiam as suas palavras e ensinamentos como o único caminho possível.

Vamos ler e depois comentar este assunto?
É o Desafio Que vos deixo.




Um abraço
Licas

13 comentários:

Anjo Negro disse...

olá licas é verdade que não li o teu texto, mas tou a fazer o almoço ao mesmo tempo que escrevo.
eu sei que as palavras de amor , carinho, felicidade... não estão gastas, mas a minha inspiração está.

até para trabalhos criativos eu não tenho inspiração. o que não ajuda em nada.


quanto ao curso estou a gostar só tenho pena do inglês, mas ando a esforçar-me muito e a estudar para ver se passo no exame.
sinceramente há varias coisas que não troco por nada desta vida =) o meu namorado e as coisas boas que já vivi =)

bjs

BC disse...

Bom Licas essa do Paulo Coelho é forte_______________tenho uma cunhada que lê tudo mas tudo, o que é dele ,vai ficar desiludida, a ver vamos.
Só uma pequena achega, assim que tiver oportunidade ligo-lhe, não ando com muita paciência para escrever mas obrigada pelas palavras, amiga.
Beijinhos
Isabel

Fátima André disse...

Sem qualquer comentário. Espero para ler essa dita publicação. Fiquei um pouco curiosa. Sou admiradora, não de Paulo Coelho, mas da sua escrita.
Um abraço.

Teté disse...

Gostei muito de "O Alquimista", mas o segundo livro que tentei ler dele - "As Valquírias" - não passei das 30 páginas iniciais, pois começou logo a cheirar-me a "banha da cobra".

Assim, peço desculpa, mas não estou interessada em ler um livro sobre um escritor que me parece ter descoberto um filão, ao "explorar" crendices alheias (religiosas, mas também de macumbas e gurus e coisas do género).

Da música, gosto muito, até a pus no meu canto no ano passado, no dia 2 de Maio. E sei o poema de cor, porque a cantava à "desgarrada" com a minha amiga que faz anos nesse dia... :)

Beijinhos, Licas!

Maria Emília disse...

Também não quero fazer comentários mas a minha intuição fala-me em publicidade.

Um abraço,

Maria Emília

Patti disse...

Eu não gosto mesmo nada, nada de Paulo Coelho, mas já acompanho a história dessa biografia há algum tempo e tenho alguma curiosidade em lê-la.

Artista Maldito disse...

Olá Isabelinha

Ontem estive aqui a ler e fui embora para pensar. Na verdade nunca li nada de Paulo Coelho porque sempre me pareceu duvidosa a sua postura, mas não vou emitir juízos de valor.

Prezo autores sérios, honestos na sua profissão, assim como na vida. Se este escritor é da moda ou não eu continuo com a minha reserva em relação à sua escrita e não à pessoa. As pessoas, por vezes, dizem coisas espantosas pela publicidade e nunca se chega a perceber o que são elas, realmente.

Beijinhos
Isabel

p.s.
:))
passarinho verde, azul, um arco-íris!!!

Tite disse...

Licas,

Para começar tenho que dizer que nunca li nenhum livro do Paulo Coelho. Só pequenas crónicas que ele escreve para algumas revistas que me passam pelas mãos.
No entanto, acho que esse livro do seu amigo sobre a vida de Paulo Coelho é tudo o que ele viveu antes de ser "tocado".
Já ouvi tudo o que ele fazia e fez na sua juventude. Drogava-se e tinha um conjunto musical no qual tocava ou cantava com uma cabeleira tão grande como o nosso querido Roberto Carlos. Isto tudo mais ao menos da época em que nós ouvíamos o "Calhambeque".
Período também chamado de "Hippy - Peace & Love"
Depois fez essa tal viagem e modificou-se bem como a sua vida. Dedicou-se à escrita e teve tanto êxito com o primeiro livro que nunca mais parou. Isto tudo vi num documentário ou vários, já nem me lembro bem, na TV Globo ou Biography Channel.
Portanto, o que me parece é que neste momento ele está a dar a oportunidade ao amigo de também ganhar uns euros valentes com a publicação da sua biografia que já é conhecida de alguns mas nem todos os que o lêem no mundo inteiro.

Como vês não li nenhum livro dele talvez porque vi esta biografia filmada e não me despertou muita curiosidade como crente apesar de gostar do que tenho lido dele.

Complicado? Talvez não... é uma opção da minha parte.

Tite disse...

Licas,

Queres saber mais sobre o Paulo Coelho? Vai aqui:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Paulo_Coelho

Bjs

Beatriz disse...

ola Licas.
Venho deixar um beijo, estive ausente ( pequena cirurgia ) mas ja passou, já ca estou, quanto ao Paulo coelho nunca o li...sei que teve uma vida bastante atribulada...mas nada mais e tb confeço que nao me seduz.
Deixo um beijo e o meu sorriso.
Bea

Viviana disse...

Olá Isabel,

Pouco conheço acerca do escritor Paulo Coelho.
Creio que apenas li um livro dele.

E a ideia com que fiquei, é que o tipo de escrita dele não tem nada a ver comigo.
A minha Fisioterapeuta, "devora" os livros dele.

Enfim...

Cada um é como cada qual!

Desejo-lhe uma boa noite e uma boa semana

Um abraço

viviana

BC disse...

Cheguei amiga, vamos ver por quanto tempo me aguento espero que tudo tenha passado.
hoje ando numa volra rápida pelos diversos blogues, porque não tenho ido a lado nenhum
OBRIGADA POR TUDO LICAS!
Beijinho
Isabel

bc-outrossorrisos.blogspot.com

ematejoca disse...

"Quando amamos, não temos necessidade alguma de entender o que acontece, porque tudo passa a acontecer dentro de nós."

Paulo Coelho