quarta-feira, 17 de março de 2010

ORAÇÃO DE UM IDOSO CONSCIENTE



Ó Senhor, tu sabes melhor do que eu que estou envelhecendo a cada dia.

Sendo assim, Senhor, livra-me da tolice de achar que devo dizer algo, em toda e qualquer ocasião.

Livra-me, também, Senhor, deste desejo enorme que tenho de querer pôr em ordem a vida dos outros.

Ensina-me a pensar nos outros e a ajudá-los, sem jamais me impor sobre eles, mesmo considerando com modéstia, que é pena não transmitir a sabedoria que acumulei.


Tu sabes, Senhor, que desejo preservar alguns amigos e uma boa relação com os filhos, e que só se preserva os amigos e os filhos quando não há intromissão na vida deles.

Livra-me, também, Senhor, da tolice de querer contar tudo com detalhes e minúcias e dá asas à minha imaginação para voar diretamente ao ponto que interessa.

Não me permitas falar mal de alguém.

Ensina-me a fazer silêncio sobre minhas dores e doenças..
Elas estão aumentando e, com isso, a vontade de descrevê-las vai crescendo a cada ano que passa.

Não ouso pedir o dom de ouvir com alegria a descrição das doenças alheias; seria pedir muito.
Mas, ensina-me, Senhor, a suportar ouvi-las com paciência.

Ensina-me a maravilhosa sabedoria de saber que posso estar errada em algumas ocasiões.
Já descobri que pessoas que acertam sempre são maçantes e desagradáveis.

Mas, sobretudo, Senhor, nesta prece de envelhecimento, peço:
Mantenha-me o mais amável possível.

Livrai-me de ser santo(a).
É difícil conviver com santos!

Mas um(a) velho(a) rabugento(a), Senhor,
é obra prima do diabo! Poupe-me, por misericórdia.

E proteja-me contra os mal intencionados....

Assim seja!
Amém !!!

7 comentários:

Tite disse...

Licas,

Concordo em género, número e grau.

Jokas


PS - amanhã vou tirar os pontos.

BC disse...

Licas, todos nós vamos envelhecendo, todos os dias, a cada minuto, a cada segundo, mas concordo plenamente com esta oração.
Vamos pois pô-la em prática.
Beijinhos

Ainda não tinha vindo aqui porque este computador "o meu", teve um precalce e está de quarentena há já 4 dias, só podia publicar e ver mails,porque neste é que tenho todas as minhas coisas.

AGORA já estabilizaram algumas das minhas preocuações, depois conto-lhe, a ver se começo a publicar regularmente e a comentar, tenho saudades

Canduxa disse...

Licas,

Vim ler a oração...bem interessante.
Vamos orando e aceitando todos os obstáculos que nos surgem e saímos certamente mais fortes de cada experiência porque passamos.

Um grande abraço

ematejoca disse...

O meu comentário desapareceu. Sempre que escrevo um comentário longo ao clicar a net vai abaixo.

Licas disse...

tenho pena teresa. gostava de o ler. tenta de novo. beijinhos

ematejoca disse...

When You are Old
by W.B. Yeats

When you are old and grey and full of sleep,
And nodding by the fire, take down this book,
And slowly read, and dream of the soft look
Your eyes had once, and of their shadows deep;

How many loved your moments of glad grace,
And loved your beauty with love false or true,
But one man loved the pilgrim soul in you,
And loved the sorrows of your changing face;

And bending down beside the glowing bars,
Murmur, a little sadly, how Love fled
And paced upon the mountains overhead
And hid his face amid a crowd of stars.

ematejoca disse...

Ó Senhor, SÓ tu sabes que estou envelhecendo a cada dia... eu ainda não dei por isso.

Sabes, também, Senhor, que não quero pôr em ordem a vida dos outros... nem mesmo a minha.

Ó Senhor, tu sabes, que jamais imporei uma sabedoria, que não tenho.

Tu sabes, Senhor, que nunca me intrometo na vida de ninguém, nem quero, que ninguém se intrometa na minha.

Livra-me, Senhor, da tolice de querer contar tudo com detalhes e minúcias e dá asas à minha imaginação para voar diretamente ao ponto que interessa.

Ó Senhor, tu sabes muito bem, que não falo mal de ninguém.

Ó Senhor, ensina-me a ter coragem de falar sobre as minhas dores e doenças, se um dia for preciso.

Ensina-me, Senhor, a ouvir com paciência os problemas dos outros.

Ó Senhor, ensina-me a aceitar as pessoas que pensam que acertam sempre.

Mas, sobretudo, Senhor, nesta prece de envelhecimento, peço:
Que a minha mente fique lúcida até ao fim.

Senhor, tu sabes, que amo muito a vida, gozando todos os momentos - não perco tempo com rabugices.