quarta-feira, 11 de março de 2009

13ª HISTÓRIA



Vou regressar à Escola Comercial Oliveira Martins - Porto, onde me encontrava na HISTÒRIA 11.
No fundo vou reencontrar-me com a minha aprendizagem inicial e com uma ânsia infinita de saber mais e fazer melhor.

Nesta escola aprendi muito.
Uma das minhas colegas de grupo, era uma “Senhora”,bastante mais velha que eu, considerada por todas as colegas e com um enorme traquejo no ensino: métodos pedagógicos, correcção de testes, avaliação, direcção de turma …. -

Eu gostava de ouvi-la e discutir as minhas dúvidas!

Não sei se por isso … a minha colega "adoptou-me" e ensinou-me tudo o que sabia.
Passámos no final do ano, muitas tardes e fins de semana a corrigir testes de exame, que ela fazia questão em confiar-me.
Eu corrigia-os, levava-lhos e ela revia-os.
Dava-me os parabéns quando tudo estava como devia ser, mas chamava-me a atenção quando algo eu não fazia devidamente e ensinava-me.

Aconteceu isto na 1ª chamada!
Na 2ª chamada entregou-me metade dos testes e disse-me: Caminha pelos teus pés, porque estás preparada.
Foi um grande empurrão na minha vida profissional, porque pela primeira vez senti o peso da responsabilidade confundido com uma enorme auto-confiança. Aprendi a partilhar e a fazer um verdadeiro trabalho de grupo.

Tenho pena de não fazer aqui uma referência directa ao nome desta colega, mas não consigo recordar-me.
Sei que morava perto da Arca d’’Água, num 3º ou 4º andar recuado.

Esteja ela onde estiver, rendo-lhe contudo a minha homenagem!

Não a esqueci!

Bem-Haja!

3 comentários:

Artista Maldito disse...

Boa Tarde Isabel

Aproveitei este sossego da tarde linda que está para navegar um bocadinho.

Há pessoas que nunca se esquecem e marcam a nossa vida.

Agora vou descansar mais um pouco e volto amanhã.

Beijinhos
Isabel

Artista Maldito disse...

Isabelita trago-lhe um mimo que tenho na minha lapela, um selo que me veio de um artista plástico brasileiro:

o prémio Carmim.

Beijinhos
Isabel

BC disse...

Licas mais uma história de partilha.
Nem todas as colegas fariam isso._________

Acho que muitas vezes é o salve-se quem poder, e é pena, não haver uma cumplicidade entre colegas, amigos, mas infelizmente vivemos num mundo muito egoísta.________

Os valores já de nada valem é a conclusão a que chego muitas vezes.

As pessoas atropelam-se umas às outras para terem o melhor lugar na bancada.___________

Beijinhos Licas e até amanhã
Isabel