sábado, 2 de maio de 2009

DIA DA MÃE - Mais uma vertente

Estranho não é???
Como é que vou aliar uma festa de estudantes ao Dia da Mãe?

É verdade! Tem muito a ver.
Certamente alguns dos que me vão ler, acharão um despropósito, uma pieguice um ...

Podem realmente falar e acreditar que estão certos, mas tenho a certeza que não tiveram a sorte de viver em pleno a Vida de Estudante.
É uma festa de excessos, dirão uns. É uma festa de boémios, dirão outros.
Sim é também isso para alguns, mas é uma festa de partilha, de emoções, de amor.

Nesta quadra, muitos jovens do nosso país, entram definitivamente, a cantar e a sorrir no seu sonho de juventude.
Outros, ao queimarem as suas fitas, sentem já o amargo de boca do futuro incerto, mas vivem também o seu primeiro momento de saudade.

Todos eles festejam a sua juventude.

E quem está sempre a seu lado, chorando umas vezes, outras sorrindo, outras até sofrendo?

A MÃE

Eu estive lá nessa condição, há 15 anos atrás!

Como gostei de reviver, aquilo que também eu vivi na decada de 60!

As capas esvoçando ao vento, as vozes ecoando no espaço e as cores matizando de alegria toda a cidade

E as MÃES felizes por verem os seus meninos a sorrir!

Esta é a minha homenagem a TODAS AS MÃES, que hoje um pouco por todo o Portugal, deixam que o seu coração transborde de ORGULHO, SATISFAÇÃO E FÉ. A todas aquelas que nas suas orações entregam os seus meninos, para que encontrem o seu caminho.

A minha homenagem vai também para todos os jovens, estudantes ou não, que brincam, estudam e lutam por um mundo melhor.

Permitam-me que envie um beijo muito especial à Lili do blog O MEU PEQUENO GRANDE MUNDO, que está a sentir o primeiro aconchego da sua capa e batina e o calor da amizade. Parabéns Lili! Em frente é o caminho. Leva para ti estas flores com a minha amizade

Para todas as MÃES vão também estas flores com um enorme abraço de PARABÉNS.
Licas

12 comentários:

Anjo Negro disse...

olá minha querida...

muito obrigado pelo apoio=) pelo sorrisos e pela paciência.

Agora penso se não tivesse sido praxada não tinhas estas alegrias todas =) valeu mesmo a pena =)

sejam felizes

bjs

ah e feliz dia da mãe. =)

pin gente disse...

olá licas!
muito bonito... já por lá passei na posição de estudante... espero passar de novo dentre de uns anitos.
beijos
luísa

também virgem?
sou de 2

(vim do fj a fugir da gripe!)

fj disse...

Como eu te entendo!

beijinhos para todas as Mães...com ou sem filhos na queima!


D. Pin
fugiste???
não precisas, já larguei a bike, agora esta semana é só festa Brava...ehehehe!!!


beijinhos para a licas...e tb para a fugitiva Pin



Ps: só não entendo uma coisa...Pin és virgem, ok!...mas aquele 2...quer dizer ao quadrado?
(só vejo é numeros)

Tite disse...

Que deformação!!!!

Oh fjota não tens vergonha de vires para a casa das outras pessoas fazeres contas de "sumir" e ainda pores em causa os signos das pessoas?

Já reparei que tenho andado um pouco arredia e depois... acontecem coisas destas. Ou será que ele veio atrás dos estudantes para matar saudades de outros tempos????

Pois eu não passei por estas mas tive outras situações também lindas e bem vividas no meu tempo da estudantina. Só pela "leveza do ser" já é uma muito boa recordação.

Licas,
Já levei mais um ramo de flores.
Obrigada

Tenho boas notícias no MaMaRiSo

Teté disse...

Os tempos de estudante têm sempre muito que contar, tanto pela boémia, como pelo esforço, mais exigente para alguns que têm de sair da sua casa materna e habituar-se a uma vida gerida a solo...

Feliz dia da Mãe para ti!

Beijinhos!

Sônia Brandão disse...

Estou de volta e passando por aqui para te deixar um beijo.

amigona avó e a neta princesa disse...

Hoje passei por aqui... deixo um abraço...

ematejoca disse...

Olá Licas!
Ao ver a fotografia da Torre dos Clérigos fiquei cheia de saudades, e lembrei-me logo do "Piolho"!
Bons tempos!
Apesar de estar muito ligada à vida estudantil do Porto, estudar, estudei na Universidade Heinrich Heine em Düsseldorf.
Gostei muito de ler este texto, embora me tenha deixado ainda mais triste do que eu já estava.

Uma semana cheia de alegrias.

Fátima André disse...

Todos os dias são dias da mulher, mãe, filha, esposa... e tudo mais no feminino... importa não esquecê-lo.
Um grande beijinho e sorriso :)

Estrela d'Alva disse...

Andei um pouco ausente dos blogues, mas agora voltei =)
Não comentei muito o seu blogue pela razão que já referi, mas a partir de agora vou tentar comentar mais!

Deixo-lhe e espero que aceite beijinhos saudosos da Estrela d'Alva

BC disse...

Muito bem Licas uma ligação muito engraçada.
A queim das fitas...a mãe...o amor!!!
Enfim voltei.
Um Fim de semana Alentejano com muito calor, uma prais estupenda, uns grelhadinhos divinais...and ao on...and so on...
Beijinhos
Isabel

Depois virei com mais calma agora é só um agradecimeento às visitas

ARTISTA MALDITO disse...

Olá Isabelinha

Estou a sorrir por imaginá-la há 15 anos atrás, é o orgulho de uma Mãe. Podem dar-se por felizes, cumpriram a sua missão mais alta na formação educativa dos filhos. A educação começa em casa e as Mães têm muita importância nos primeiros anos de vida dos filhos.

Não canto com os estudantes, desafino:)

Beijinhos
Isabel