quinta-feira, 21 de maio de 2009

5ª FEIRA DA ASCENSÃO = FESTA DA ESPIGA
















Diz a história, que 40 dias após a Ressurreição, Cristo apareceu pela última vez aos discípulos, antes da Sua subida aos céus. Foi uma 5ª feira, que passou a ser designada como a 5ª FEIRA DA ASCENSÂO.
Foi durante muitos anos uma festa meramente cristã,mas com o decorrer do tempo tem-se assumido cada vez mais com um carácter pagão.
A tal ponto isto acontece, que em muitas localidades portuguesas, sobretudo na região ribatejana, este dia foi consagrado feriado municipal. Transformou-se assim numa festa profundamente rural, coincidindo com a tradicional Festa da Espiga, celebrada tradicionalmente nos campos com merendas e bailes populares.
Neste dia da Festa da Espiga, não se trabalhava e as pessoas saiam muito cedo para os campos para apanharem espigas e flores campestres, para formarem ramos que eram guardados no interior das casas até à 5ª feira da Ascensão do ano seguinte.
O ramo deveria conter sempre uma espiga de trigo, para que houvesse sempre pão naquela casa o ano inteiro e ainda um ramo de oliveira, para que não faltasse o azeite, a paz e a luz divina, uma folha de videira, para que não faltasse o vinho e flores campestres, para que sempre houvesse alegria.

Esta tradição apenas hoje se mantém no Concelho da Chamusca. É celebrada a Semana da Ascensão, com 5 dias de variadas actividades, com especial destaque para as actividades tauromáquicas.

Este ano a 5ª feira da Ascensão comemora-se hoje, 21 de Maio.

11 comentários:

Teté disse...

Olha que curioso, sabia que esses raminhos eram compostos assim, sabia que cada elemento que os compõem tinha um significado, não sabia (ou não me lembrava) era qual. Estamos sempre a (re)aprender... :)

Quanto a actividades tauromáquicas, passo! Odeio touradas!

Beijocas, Licas!

Viviana disse...

Olá Isabel

Venho deixar o meu abraço e informá-la que tem um desafio lá no meu cantinho.

Tenha uma boa noite

viviana

Fátima André disse...

Aqui na zona do Ribatejo onde me encontro, também é feriado municipal. Além disso, não é só na Chamusca que é celebrada com vigor a Ascensão. Em Alenquer está a decorrer a XXVIII edição da Feira da Ascensão, entre os dias 20 e 24 de Maio. Quem estiver interessado pode consultar o programa aqui:

http://www.cm-alenquer.pt/


Ps: Licas, não leve a mal, mas faça a correcção da palavra Ascenção, que aparece no texto 5 vezes com Ç e é com S - ASCENSÃO.

ematejoca disse...

Minha cara Licas!
Eu nunca sei quando é o Corpo de Deus ou a ASCENSÃO. Só sei que o Dia do Pai aqui na Alemanha é num ferido 40 dias depois da Páscoa. Eu só tinha escrito: "Aqui é o Dia do Pai na Alemanha", depois vi a tua postagem e copiei o nome, e fiquei em dúvidas, mas como estou muito esquecida no que respeita a nossa língua, pensei que tu é que tinhas escrito a palavra certa.
Hoje festejámos o meu marido, que é um óptimo pai. O meu pai morreu quando eu tinha 5 meses.

Fico contente, por gostares do que o Diogo escreve, e aceitares o seu humor arrepiante!!!

Beijinhos e um dia feliz para ti!

Fátima André disse...

Licas,
Não gosto nada de fazer reparos nas caixas de comentários dos blogues. Só o fiz aqui por não ter outra forma de contactar com a Licas. Espero a sua compreensão.
Resto de Feliz dia da Ascensão.

Maria Emília disse...

Dia da espiga, dia da Ascenção. Já foi feriado no passado. Agora quase não se menciona na comunicação. É pena. As coisas bonitas vão ficando para trás. Obrigada por o lembrar aqui.
Um beijinho,
Maria Emília

Tite disse...

Estou bem triste por não ter ido ao campo apanhar o meu ramo de espigas. Nem sei se não irei amanhã. É que sou supersticiosa e costumo ter sempre um ramo de espigas pendurado atrás da porta da despensa para haver fartura de tudo o que tu mencionaste no significado do ramo, na minha casa durante o ano.
Que pena que cheguei aqui tarde...

De qq forma obrigada amiga

ematejoca disse...

Minha cara Licas!

Há vários blogues, que falam da Festa da Espiga, o o blogue "A minha Matilde" menciona, que o texto é da Câmara Municipal de Loulé.
Eu nunca ouvi falar dessa festa. Para mim o dia de hoje é o Dia do Pai, que foi muito agradável com toda a família reunida.
Penso que, o comentador anómimo me queria dizer, se escrevo para as pessoas de Língua Portuguesa, devo mencionar festas portuguesas e esquecer o que se passa na Alemanha. Esquece o meu/minha comentador/a, que o meu mundo é aqui!!!

Boa noite!

ARTISTA MALDITO disse...

Uma festa muito importante na Chamusca. O que reprovo são os espectáculos degradantes e desumanos das touradas, contradizem o significado da Ascensão.

De resto, esta festa anseio muito conhecê-la no próximo ano, se Deus quiser:))

Vou descer mais um andar...

Ovinho Estrela(do) disse...

Licas, um post destes! acabei, praticamente, de comentar um na blogger Dina e num outro blog, de uma amiga, a Tita dos pensamentosametro.

Estive alguns anos em Évora e, mesmo sendo Alentejo, o Dia da Espiga era celebrado de forma tão simpática!
Sempre acompanhei ao campo e às festas as colegas naturais de lá e era um dia sempre esperado por todos nós, os que éramos "de fora"!

Já a tinha desde menina - ia a Évora desde os meus sete anos, pois tinha lá uns tios - , mas desenvolvi nesses anos fantásticos (já jovem) a minha costela alentejana! E vivo delirante com os festejos que impliquem todas as tradições terminadas em "....anas"!!
Ficou em mim a Espiga, as pegas e forcados, as casinhas branquinhas com beirinhas azuis e amarelas... (ainda sonho com uma só para mim e sonho com o meu grito do alto do telhado ao estilo do "AQUI VOU SER FELIZ!!") Lembra-se deste slogan do Malato? :)
Há anos que tenho esta coisa tão "...ana" em mim! :)

Beijinhos, Licas!
Que bom ter vindo hoje com calma à blogosfera e ter tocado nestes posts que tanto me dizem! :)

Quanto à ligação religiosa ao dia em causa, eu, beata convicta, me confesso: nunca tinha relacionado factos.


Bom fim-de-semana! :)

(Estou como a comentadora de cma: vou apanhar o elevador com ela!! descendo, pois!)

*

fj disse...

amiga Licas
não é no concelho da chamusca...é só na Vila da Chamusca.
Das restantes freguesias, desloca-se o Povo até à sede do concelho...para participar nessas festas... há muitos, muitos anos quando eu ainda residia na Chamusca, eram 10 dias de festejos e feira incluída. Começava na quarta-feira (véspera da ascensão) e só terminavam no 2º Domingo!
...que saudades daqueles tempos!...
digo eu que sou natural da Chamusca.

Um abraço!

ps: este ano até tinha bilhetes de borla para a corrida de toiros e no serviço não me autorizaram faltar ... :(