sábado, 16 de janeiro de 2010

2010 - ANO EUROPEU DE COMBATE À POBREZA E EXCLUSÃO SOCIAL























Apesar de a União Europeia ser uma das regiões mais ricas do mundo, 17% da sua população não tem os meios necessários para satisfazer as suas necessidades mais básicas.

A pobreza é normalmente associada aos países em vias de desenvolvimento nos quais a subnutrição, a fome e a falta de água limpa e potável são desafios quotidianos. Contudo, a Europa também é afectada pela pobreza e pela exclusão social, onde apesar de estes problemas poderem não ser tão gritantes, são ainda assim inaceitáveis.
A pobreza e a exclusão de um indivíduo implicam o empobrecimento de toda a sociedade.
A Europa só pode ser forte se utilizar ao máximo o potencial de cada um dos seus cidadãos.

Não há nenhuma solução milagrosa para acabar com a pobreza e com a exclusão social mas uma coisa é certa: não podemos vencer esta batalha sem O ESFORÇO DE TODOS NÓS.

É tempo de renovarmos o nosso compromisso para com a solidariedade, justiça social e maior inclusão. Chegou o momento do Ano Europeu Contra a Pobreza e a Exclusão Social.

Um valor fundamental da União Europeia é a solidariedade, particularmente importante em tempos de crise. A palavra “União” diz tudo – enfrentamos juntos a crise económica e é esta solidariedade que nos protege a todos.

Aqui ficam algumas das coisas que podemos fazer juntos:

1 - Encorajar a participação e o compromisso político de todos os segmentos da sociedade para participarem na luta contra a pobreza e a exclusão social, desde o nível europeu ao nível local, no sector público e no privado;
2 - Motivar todos os cidadãos europeus a participarem na luta contra a pobreza e a exclusão social;
3 - Dar voz às preocupações e necessidades de todos quanto atravessam situações de pobreza e de exclusão social;
4 - Dar a mão a organizações da sociedade civil e a ONG na área da luta contra a pobreza e a exclusão social;
5 - Ajudar a derrubar os estereótipos e a estigmatização da pobreza e da exclusão social;

6 - Fomentar uma sociedade que garanta a qualidade de vida, o bem-estar social e a igualdade de oportunidades para todos;

7 - Reforçar a solidariedade entre gerações e garantir o desenvolvimento sustentável.

http://ec.europa.eu/social/main.jsp?langId=pt&catId=637

Nós, como membros da Comunidade Europeia, somos chamados a agir. É bom que saiamos do nosso mundo confortável e consigamos unir esforços para combater a pobreza e a exclusão social patente a todos os níveis da sociedade mundial e muito particularmente da Sociedade Portuguesa.

Não deixe que rostos como estes passem junto a nós como se de objectos se tratasse.

11 comentários:

Beatriz disse...

Ola Licas.
Boa tarde.
Que bom te ler.
Pois este tema da pobreza esta bem real nas nossas vidas.
Por mim falo , ajudo aquilo que posso. Mas não esta a ser facil ver as propoçoes que esta a levar.
Nao tenho vindo com assiduidade mas estas no meu coraçao.

Deixo um beijo e o meu sorriso.
Bea

Pó de Estrela disse...

Olá Licas Querida

Este teu post é bem pertinente, face a tudo o que se passa no mundo e à passividade com que as pessoas vão reagindo. Fico fula quando alguém me responde: "Então, eu não posso fazer NADA!"As pessoas assumem este problema como não sendo de nós todos! Os idosos...ai que nojo! Os toxicodependentes"ai que perigo" os famintos "coitadinhos"os sem abrigo, "a culpa é deles"... e assim se passa uma vida feita de comentários, muitas vezes sem sequer olhar e VER!
Já não tenho muita esperança na nossa geração que se habituou a passar de óculos de sol pela vida! Acredito que a geração daqueles que agora começam a entender que podem modificar as coisas, o vão fazer! Ao contrário de muita gente, acredito na juventude e na renovação de princípios e valores, só assim o nosso mundo poderá vir a ser berço de Humanidade.

Desculpa, mas disse o que me vai na alma e que sei que vai na tua também.

Um beijinho cheio de pó de estrela

Tite disse...

Querida Quicas e Licas,

Os comentários desse género são de pessoas que passam impávidas pelas gentes sofridas deste mundo como se não fossem seres humanos nossos irmãos.

Esquecem-se que hoje são eles, amanhã poderemos ser nós.

Temos mesmo que nos unir em prole de uma Europa... um Mundo melhor.

Beijos a ambas

PS - Já percebi que a Quicas está melhor

Maria Emília disse...

Muito importante esta postagem, Licas. Parabéns pela forma como a desenvolveu. Acredito que não vai deixar indiferente quem a encontrar.
Um beijinho,
Maria Emília

ematejoca disse...

Num país rico como a Alemanha também há pobreza. Claro, que é uma pobreza muito diferente da pobreza no Terceiro Mundo ou mesmo em Portugal.

O Manfred é o meu marido... e hoje é dia de Festa!!!

Desejo-te um óptimo fim de semana!

** Li ** disse...

Olá,

Como esta ?!

É sempre bom poder ajudar a quem precisa!

Boa semana!

Bjos!!!

BC disse...

São factos que nenhum de nós poderá esquecer, nem ficar indiferente.

É preciso arregaçar as mangas e fazer coisas, ou gritar, as palavras também são uma forma de luta, a própria música pode fazer tanto, coisas que por vezes as pessoas não se lembram.
Mas cada um pode contribuir com aquilo que lhe está mais à mão.
Agora apetecia-me ir para o Haiti por exemplo, mas como não posso, há sempre formas de divulgar e conscencializar as pessoas.
Beijinhos

gisela disse...

há tanta pobreza... e agora com esta catastrofe no haiti, ainda mais, bem o mundo é msm um lugar complicado...

Fátima André disse...

Excelente ano de 2010, para a Licas, familiares e amigos!
Votos de um ano menos doloroso e mais sorridente para os são vítimas das (Des)igualdades sociais.
Cabe-nos também a nós, cidadãos anónimos, dar o nosso contributo voluntário como pequenas gotas que vão matando a sede, a fome, amainando a dor,... Todos juntos a fazer o bem, havemos de passar e "deixar rasto" como diria Monsenhor Joaquim Alves Brás.
Um caloroso abraço :)

Tite disse...

Querida Licas,

Acho que andas demasiado afastada do nosso convívio blogueiro. Espero que não estejas doente ou desanimada.

Vamos lá animar isto.
Apesar de não ter havido Sol durante muito tempo, eu tive uma parcela de raios solares junta a mim. O filhote que mais tempo está ausente passou uma semana entre nós precisamente na semana do aniversário de Pai e Avó. Ficámos todos felizes e recarregámos baterias.

Agora fico ansiosa por te ouvir assim também feliz.

Beijosssss

PS - Tem selinho para ti Amiga Poderosa no Ti-MaMaRiSo

Licas disse...

Olá Amigas

Obrigada a todas as que se têm preocupado com a minha ausência.
Não estou doente, mas realmente também não estou na minha melhor forma.
O desânimo apoderou-se de mim e tem feito alguns estragos.
Espero que o sol que promete visitar-nos esta semana me levante deste torpor.
Aparecerei mais vezes.

Então Tite ... Feliz?
Ainda bem que o filhote veio dar-te a alegria que precisavas. Fico contente por ti.

Beijinhos para todas e não se esqueçam que há muita gente a precisar de nós

Licas