quinta-feira, 21 de abril de 2011


10 comentários:

ematejoca disse...

Nasceu o sol da Páscoa gloriosa, ressoa pelo céu um canto novo, exulta de alegria a terra inteira!

Licas, desejo-te uma Páscoa feliz na companhia do teu filho, nora e netos.

Teté disse...

Páscoa Feliz para ti, Licas!

Beijinhos!

Licas disse...

Queridas Amigas

Não posso ter Páscoa Feliz, quando nem consigo ver o sol.
Talvez um dia volte a sorrir. Hoje apenas escrevo, para tentar não parar de vez.
Oxalá nenhuma de vocês entenda o que eu estou a sentir.
Um abraço amigo
Licas

ematejoca disse...

Infelizmente, eu entendo muito bem.
No próximo dia 25 faz 5 anos que a minha mãe partiu, e eu nunca mais fui a mesma. A tristeza visita-me todos os dias.

Um abraço amigo da amiga de longe.

redonda disse...

Obrigada, e é também o que desejo, tanto quanto for possível.
um beijinho
Gábi

Mariazita disse...

Olá, Licas
Hoje venho trazer …

Minha mensagem de Páscoa:

Permita-me que faça minhas as palavras de Einstein:

"Algumas coisas são explicadas pela ciência, outras pela fé. A Páscoa ou Pessach é mais do que uma data, é mais do que ciência, é mais que fé, Páscoa é amor."

Feliz Páscoa, com muito Amor.
Beijinhos

Pó de Estrela disse...

Querida Licas

como poderás ver no meu blog, também eu estou à espera do MILAGRE da transformação da Tristeza e do desespero, em aceitação e tranquilidade.

Nestes dias em que tanta dor divina se transforma em alegria Sagrada, desejo-te do fundo do meu coração, que um raiozinho de sol, consiga trespassar toda essa escuridão e tenhas a coragem suficiente de o agarrar na tua alma, tal como os nossos antigos guardavam o seu Tição, para que a sua Luz não acabasse.

Para ti minha querida, que a minha poeira te leve um niquitinho dessa Luzinha e o repicar dos sinos consiga ainda fazer vibrar esse teu tão doce e sofrido Coração.

Beijinhos minha amiga e que a Luz renasça para ti.

acácia rubra disse...

Um beijo.

Laura disse...

No caminho que nos deram há sempre pedras que, por mais que nos magoem os pés, nos ensanguentam a alma. E é com ela em pedaços que temos de continuar até que, um dia, temos a força de reunir o que resta desses pedaços.

Beijinho

Mariazita disse...

Boa tarde, Licas
Agradeço a tua visita.
Compreendo que estás vivendo momentos terríveis, que só o tempo pode ir atenuando, lentamente.
Porque acompanhei de muito perto três casos idênticos ( duas cunhadas e uma prima)só posso aconselhar-te a que procures distracção da tua dor, da forma que melhor entenderes.
Penso que ter um blog e conviver pode ajudar bastante, mas, é claro, isto é uma opinião muito pessoal...

Sempre que queiras visitar-me dás-me muito prazer. Eu virei sempre, ver se há novidades...

Uma boa semana. Beijinhos