sábado, 4 de julho de 2009

NESTE BREVE INTERREGNO

Olá Amigas

Neste breve interregno das férias, quero primeiro agradecer todos os bons votos que me formularam e os dois queridos selos de amizade que a Tite (Mamariso)e a Isabel Cabral (sletras) m me deixaram.
Para todos o meu abraço.

Dedico igualmente estes selos aos meus blogs:
bc-blogspot.com.blogsopt.com
pequenoquiproquo.blogsopt.com
monteverde.blogsopt.com
ematejoca-ematejoca.blogsopt.com
taobomseravo.blogsopt.com
olhai o lirio do campo.blogsopt.com
rasgosdeuma vida.blogsopt.com
revisitaraeducaçao.blogsopt.com
talqualsou.blogsopt.com
amigonasempre.blogsopt.com
beatrizfrancisca.blogsopt.com


Deixo-vos este texto que poderá servir para a tal reflexão que umas boas férias a todos proporcionam.

Divirtam-se, descansem e vivam.

"Caminha placidamente entre o ruído e a pressa. Lembra-te de que a paz pode residir no silêncio.


Sem renunciares a ti mesmo, esforça-te por seres amigo de todos.


Diz a tua verdade quietamente, claramente.


Escuta os outros, ainda que sejam torpes e ignorantes; cada um deles tem também uma vida que contar.


Evita os ruidosos e os agressivos, porque eles denigrem o espírito.


Se te comparares com os outros, podes converter-te num homem vão e amargurado: sempre haverá perto de ti alguém melhor ou pior do que tu.


Alegra-te tanto com as tuas realizações como com os teus projectos.


Ama o teu trabalho, mesmo que ele seja humilde; pois é o tesouro da tua vida.


Sê prudente nos teus negócios, porque no mundo abundam pessoas sem escrúpulos.


Mas que esta convicção não te impeça de reconhecer a virtude; há muitas pessoas que lutam por ideais formosos e, em toda a parte, a vida está cheia de heroísmo.


Sê tu mesmo. Sobretudo, não pretendas dissimular as tuas inclinações. Não sejas cínico no amor, porque quando aparecem a aridez e o desencanto no rosto, isso converte-se em algo tão perene como a erva.


Aceita com serenidade o cortejo dos anos, e renuncia sem reservas aos dons da juventude.


Fortalece o teu espírito, para que não te destruam desgraças inesperadas.


Mas não inventes falsos infortúnios.


Muitas vezes o medo é resultado da fadiga e da solidão.


Sem esqueceres uma justa disciplina, sê benigno para ti mesmo. Não és mais do que uma criatura no universo, mas não és menos que as árvores ou as estrelas: tens direito a estar aqui.


Vive em paz com Deus, seja como for que O imagines; entre os teus trabalhos e aspirações, mantém-te em paz com a tua alma, apesar da ruidosa confusão da vida.


Apesar das suas falsidades, das suas lutas penosas e dos sonhos arruinados, a Terra continua a ser bela.


Sê cuidadoso.


Luta por seres feliz.


(Inscrição datada do ano de 1692. Foi encontrada numa sepultura, na velha igreja de S. Paulo de Baltimore - hoje já não se pensa que seja esta a origem, mas assim é mais bonito...)

Um abraço
Licas

7 comentários:

Tite disse...

Querida Licas,

Esta inscrição, tantos anos passados, continua a ter força de verdade.
Por mais que o ser humano evolua a sua ambição desmedida fá-lo transgredir e daí os seus conflitos interiores.
Que cada um se realize e encontre para bem do seu equilíbrio emocional e espiritual.

Vou levar os selos para colocar na minha galeria de ofertas.

De todos os que lá tenho o maior número é recebido da querida Licas que me mima com a magia da amizade pura e desinteressada.
Se a nossa amizade era forte antes de nos conhecermos imagina como ficou reforçada depois do nosso encontro a 4.
Agora a sua categoria subiu para 5 estrelas.

Um abração mágico com a nossa linda amizade

Estrela d'Alva disse...

Olá Licas,

Gostei da mensagem que transmitiu, ou que tentou transmitir =)

Desejo-lhe uma continuação de óptimas férias,
Estrela d'Alva

Pó de Estrela disse...

Querida Licas

Não resistite a passar sem as nossas bloguisses!
Ainda bem. Os pensamentos já os conhecia e a música também, mas soube-me como a um bombom a acompanhar o café.

Beijinhos da tua Pó de Estrela

Joana Carvalho disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Teté disse...

Agradeço os prémios e dentro em breve publicarei junto a uns quantos que já tenho em atraso.

Há verdades que são intemporais... :)

Beijinhos, Licas!

ARTISTA MALDITO disse...

Olá Isabelinha

Vou levar estes mimos para o meu blue seeds que é um lugar de afectos e de alegria (quase infantil, no bom sentido, claro).

Retenho esta verdade: "Apesar das suas falsidades, das suas lutas penosas e dos sonhos arruinados, a Terra continua a ser bela".

E com muita sabedoria o ser cuidadoso deve preceder a luta pela felicidade.

Lições que se retiram, por vezes, à custa do desengano.

Mas o que importa é a paz e a consciência tranquila.

Beijinhos
Isabel

Maria Emília disse...

Só agora é que vi que tinha dedicado dois selos ao meu blog. Já os levei para a minha caixa de recordações. Obrigada amiga. Boas férias também para si.
Um beijinho,
Maria Emília